segunda-feira, 19 de março de 2012

"LEDO ENGANO" Diário dos Gambas 7 - por Áureo Moraes e Feijão

Diário dos Gambás VII

A GamBarzeira, já foi dito, tem espaço para todos. Democrática, admite em seus quadros desde o mais simplório ao mais letrado, do mais humilde àquele de mais posses. E todos, rigorosamente, tratam-se como iguais. Por que todos nós, os Gambás, acreditamos nisso, neste respeito às diferenças com o mesmo tratamento. Vez por outra, claro, recebemos em nosso reduto, altas autoridades. Que chegam e se integram, brindando-nos com suas posturas altivas sem ser petulantes. Pelo contrário, esbanjam educação.
Pois então: no carnaval deste ano ocorreu uma cena dessas, em que uma alta autoridade, da mais elevada patente, entrou para a lista dos "causos" deste despretensioso "diário".
Instalados confortavelmente no camarote do Avante, estavam vários membros da Polícia Militar de Santa Catarina. Extasiados com a alegria e contagiados pela festa, assistiam aos desfiles, animados, de olho nas evoluções. Destaque do Baiacu, a artista plástica Eli Heil, era também para o público, o alvo das atenções.
Passada a "muvuca" do desfile do Baiacu, eis que uma entre tantas daquelas autoridades militares - 
orientado por seu assessor, o nosso Tasca - encheu-se de entusiasmo para fazer uma reverência à homenageada. Parte para cumprimentá-la. Dirige-se ao local onde, sentada, Eli acompanhava o tributo à sua arte. O diálogo abaixo é uma reconstituição, a partir de detalhes narrados pelo próprio Tasca:
- Boa noite, minha senhora - disse o educado Coronel.
- Boa noite.
- Quero lhe dizer que adorei a homenagem, que sua história, sua vida, seu talento e sua força nos mostram que sua alma verdadeira de artista é inigualável... e blás...blás....blás...blás.
Terminado o pequeno discurso, o educado Coronel se aproxima mais, a fim de cumprimentar aquela "senhorinha" que acompanhava o desfile e o ouvia com atenção. Antes que pudesse falar qualquer outra palavra, o educado Coronel é surpreendido pela interlocutora:
- agradeço suas palavras,
elas são muito bonitas, estou muito emocionada, pois nunca fui tão exaltada,  mas eu.... eu sou a tia do Feijão... A Eli Heil é aquela senhora ali. O senhor errou de homenageada.
Baixa o pano rápido e me serve mais um red bull, preciso voar.

Um comentário:

  1. Qual a explicação para a placa na foto?
    Existe alguma história sobre ela?
    Att,
    Hayane.

    ResponderExcluir